Ore Pela Africa

Pedidos de Oração pela República Centro-Africana

O Desafio:

Jesus diz que nossas orações podem mover montanhas (Mt  17:20). As orações e jejuns de Daniel moveram forças espirituais e internacionais (Dn 10). Como diretor executivo da região central da África na MIAF, região que inclui a República Centro-Africana (RCA), estou recorrendo à nossa família da MIAF e nossa comunidade internacional para separarmos um dia de jejum e oração pela RCA. Proponho o domingo do dia 27 de outubro de 2013, mas não há problemas se você ou o seu grupo tenham a preferência por outra data.

A situação:

A República Centro-Africana (RCA) está no meio de uma crise política, humanitária e espiritual. Desde março de 2013, quando um grupo poderoso e violento de rebeldes – um grupo muçulmano de cinco facções rebeldes chamado Seleka – derrubou o presidente e tomou conta do país, a RCA tem estado em caos e o governo praticamente inexiste. Alguns estão descrevendo-a como um “Estado falido”.

Histórias dolorosas estão se tornando a realidade na vida de muitos cristãos da RCA. São histórias de saques generalizados por parte dos rebeldes e de sequestros e assassinatos de cunho religioso. Misturados a esses relatórios estão as horríveis histórias de proteção milagrosa de Deus e ousada declaração da mensagem do Evangelho.

Antes das atrocidades dos rebeldes Seleka , a parte sul e leste da RCA estava sob o cerco do Exército de Resistência do Senhor (Lord’s Resistance Army, LRA) desde 2008. Esses rebeldes da LRA atacaram vilas e cidades, capturando homens, mulheres e muitas crianças, roubando seus poucos pertences, queimando suas casas, estuprando, torturando e matando.

Pedidos de oração:

  • Ore pela restauração de ordem e paz no país. Ore pela manutenção da liberdade religiosa. Os cristãos estão sofrendo muito nas mãos de terroristas islâmicos.
  • Ore para que a fé dos cristãos cresça com força, de maneira que os incrédulos vejam a luz do Evangelho glorioso de Jesus, nosso Senhor.
  • Ore para que as forças de Uganda e dos EUA sejam capazes de continuar protegendo o extremo leste da RCA, ainda que as ameaças da LRA pareçam diminuir.
  • Ore pela Escola Bíblica Zemio (COTEZ). O pastor Loungodi ao lado de outros professores locais está corajosamente dando continuidade ao trabalho, ainda que não tenha nenhuma maneira de obter material didático e outros suprimentos. A COTEZ começou o ano letivo de 2013-2014 no dia 8 de outubro com apenas três casais estudando. Há uma grande preocupação de que tal baixa taxa de inscrição não permita que a escola continue funcionando!
  • Ore por um movimento de discipulado cristocêntrico entre o povo Zande que o liberte totalmente da escravidão dos espíritos de sua religião tradicional. Ore pelos planos de realizar oficinas em 2014 que visem treinar os líderes da igreja em como examinar a cultura Zande à luz das escrituras.
  • Ore para que Wendy Atkins e outros possam voltar para a RCA para continuar as oficinas de capacitação de cura do trauma que haviam se iniciado no ano passado. Os planos atuais são para manter os seminários em março de 2014. Por favor, orem para que não haja paz suficiente na área a fim de realizar os seminários naquele momento. A SIL e o Wycliffe tem realizado uma oficina de cura de trauma em Bangui e está fazendo planos para realizar outra em breve. Por favor, orem pela segurança dos facilitadores e dos participantes.
  • Em conversas telefônicas recentes com líderes da igreja, soube-se que a seca tem danificado suas plantações de amendoim, sua principal fonte de proteína. Isso pode trazer problemas graves de fome em todo o país.
  • Ore pelo missionário Jean Baptiste Mbolihoundore que ainda está alcançando o povo nômade Mbororo, ainda que desapontado por não poder haver recebido a equipe da MIAF que havia planejado ajudá-lo. Há uma constante possibilidade de conflito entre os Azandes e os Mbororo, o que pode dificultar a vinda deles a Cristo. Ore para que Deus um dia abra as portas para a vinda de uma equipe missionária que possa servir na RCA.
  • Ore pela entrega de medicamentos essenciais aos nossos hospitais da igreja. Temos aguardado seis meses para as permissões de voos que entregam esses medicamentos, mas louvado seja Deus que a permissão foi agora recebida como resposta extraordinária à oração, ao empenho e à persistência dos líderes da igreja da RCA!
  • Ore pela Reunião do Conselho de Administração da CEEC, nossa igreja parceira, nos dias 20-23 de novembro de 2013 em Zemio. Ore por recursos para o transporte dos representantes que estarão se reunindo.
  • Ore para que as tão aguardadas Bíblias Zande em trânsito à RCA sejam entregues. (Bíblias não estavam disponíveis há muitos anos e pouquíssimos possuem uma cópia da mesma. Os zandes precisam do ensino bíblico para mostrar-lhes como ela se relaciona com a sua cultura, que aspectos de sua cultura eles podem manter, e que aspectos eles devem abrir mão para seguir a Cristo. Sem a palavra de Deus em suas mãos para ler e estudar, líderes e membros da igreja encontram dificuldades para crescer na fé.)
  • Ore também pela publicação muito aguardada de uma nova edição do livro de hinos do povo Zande. Os recursos financeiros foram fornecidos, mas a logística para conseguir que o livro seja editado, impresso e enviado para a RCA é assustadora.
  • Ore pelo pastor Koffo que está em extrema necessidade de uma cirurgia, mas que não encontra uma maneira de chegar ao hospital onde a cirurgia pode ser realizada.
  • Louve a Deus pelo novo edifício da maternidade do hospital em Rafai que está em fase de conclusão. Ore para que o alcance dos centros médicos da CEEC possam espalhar ainda mais a mensagem do Evangelho e fortalecer os cristãos. Muitos do povo Mbororo constantemente visitam os centros médicos da igreja. Ore para que a equipe médica seja convicta de sua responsabilidade para com as pessoas que eles ministram tanto fisicamente como espiritualmente.

 

A história da MIAF na RCA:

Há 89 anoss, John Buyse chegou em Zemio, então chamada de África Equatorial Francesa , agora chamada de República Centro-Africana. Localizada, como o próprio nome indica, no coração geográfico do continente africano, a RCA continua sendo uma das áreas mais remotas da MIAF, atualmente acessível por nossos membros apenas por avião.

Desde o início, o povo Azande recebeu o Evangelho com bastante prontidão. Missionários plantaram igrejas, escolas, escolas dominicais e grupos de meninos, meninas, mulheres e homens. Clínicas assistidas por cidadãos capazes existem em cada um dos centros e agora elas infelizmente necessitam de suprimentos médicos. Hoje as igrejas estão cheias e as listas de membro são longas. Todavia, assim como ocorre em muitas partes da África, ainda que o cristianismo tenha se espalhado, ele possui apenas poucos centímetros de profundidade. A religião tradicional do povo Zande ainda prende os corações de muitos que se dizem cristãos.

Depois que a equipe missionária foi evacuada em 1997, apenas Wendy Atkins voltou a servir na RCA ao longo da década seguinte. As coisas ficaram piores no início de 2008, quando os rebeldes da LRA invadiram a RCA e começaram a atacar vilas e cidades, capturando homens, mulheres e muitas crianças, roubando seus poucos pertences, queimando suas casas, estuprando, torturando e matando. Seu reinado de terror continuou até este ano, quando suas atividades foram ofuscadas por um grupo ainda mais poderoso e violento de rebeldes, o Seleka, que derrubou o presidente e tomou conta do país. O Wendy se realocou ao Congo. Uma equipe da MIAF que visava o povo Mbororo teve que cancelar seus planos para começar a trabalhar lá este mês.

Links adicionais (com conteúdo em inglês):

Sobre a crise na RCA: http://allafrica.com/stories/201310021378.html

O perfil da RCA: http://www.bbc.co.uk/news/world-africa-13150040

A história da LRA na RCA: http://www.enoughproject.org/conflicts/lra/congo-car-south-sudan

As recentes atividade da LRA: http://www.lracrisistracker.com/

Share This:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *