Ore Pela Africa

Povo Lopit-Sudão do Sul

População: 70.000-80.000

Localização e Contexto: Os Lopit habitam nas colinas Lopit no distrito de Torit no Sudão do Sul. Eles vieram do leste do Nilo e praticam a agricultura tradicional, bem como a criação de gado nas encostas das montanhas e nas planícies. Eles também colhem produtos florestais, como mel e nozes de carité.

História: Muito pouco se sabe sobre a origem dos Lopit além da versão popular de que eles vieram junto com uma onda de grupos que migraram do lago Turkana. Os Lopit dizem ter rompido com os Dongotono depois de uma briga sobre sopa de gazela.

Eles têm sido marginalizados e politicamente excluídos pela elite dos Lotuka. Existe uma pequena comunidade de Lopit em um acampamento de refugiados em Kakuma, no norte do Quênia.

Cultura: Os Lopit são orgulhosos de sua cultura e isso afeta sua atitude e vida social. Eles praticam cerimônias de iniciação como a cerimônia de batismo de um bebê e uma segunda cerimônia quando alguém se torna jovem. O casamento começa com o namoro e, em seguida, a menina foge com o namorado. Quando eles voltam para casa o dote já está resolvido e ela vai para o seu novo lar. A transferência de poder para os mais jovens acontece a cada 25 anos, em uma cerimônia chamada hifira. A administração do vilarejo e a autoridade sobre os assuntos da comunidade são entregues para a próxima geração. Sua cultura é transmitida através de canções, poemas, dramas e músicas que expressam sentimentos e emoções. A avó transmite conhecimento cultural através de contos e jogos, ainda que histórias, provérbios, mitos e palavras de sabedoria que os adultos contam às crianças estejam morrendo devido ao aumento da educação formal, especialmente em áreas urbanas.

Religião: Eles acreditam em um deus supremo, em espíritos e na esfera espiritual. Cultos de celebração são acompanhados de dança e bebidas. O alcoolismo é um problema entre os Lopit. Os fazedores de chuva e outros médiuns possuem grande poder e, assim, presentes lhes são entregues na buscar de seu favor por chuvas e para que outras coisas boas aconteçam aos Lopit.

Share This:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *